Bahia: Suspeitos de atirar em ataque na praia de Jaguaribe são primos e entraram no Baralho do Crime; três vítimas morreram incluindo um jacobinense.


Ataque a tiros deixa mortos e feridos em praia de Salvador, na Bahia — Foto: Julio Cesar/TV Bahia

Nos acompanhem nas nossas redes sociais e tenham nossas notícias em 1ª mão!


Dois jovens suspeitos de efetuar os disparos no ataque que deixou três pessoas mortas na praia de Jaguaribe, em Salvador, são primos e foram inseridos no Baralho do Crime, catálogo que reúne informações dos foragidos mais perigosos da Bahia.

As informações foram divulgadas pelo diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado José Bezerra, na tarde desta sexta-feira (8), por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

De acordo com a polícia, os suspeitos foram identificados como Felipe Fiúza e Caio Fiúza. A polícia informou ainda que as imagens de câmeras de segurança, os depoimentos dos três suspeitos já presos por participarem do crime (dois motociclistas e um homem que dirigia um táxi) e das vítimas que sobreviveram foram fundamentais na identificação da dupla.

Segundo a SSP-BA, Felipe passa a ocupar a carta Rei de Copas. Segundo a polícia, ele atua no bairros de Castelo Branco e Vila Canária, possui passagens por latrocínio e porte ilegal de arma de fogo, cumpria pena no regime semiaberto, na Colônia Penal de Simões Filho, de onde fugiu no dia 8 de agosto do ano passado.

Já Caio, que vai ocupar o Cinco de Paus, também tem como área de atuação o bairros de Castelo Branco e Vila Canária, informou a polícia.

Informações sobre a dupla podem ser repassadas através dos telefones 3235-0000 (Salvador e RMS) e 181 (interior) ou pela plataforma on-line do ‘Denuncie Aqui’, disponibilizada no site disquedenuncia.com. O denunciante não precisa se identificar.

Os dois homens presos na quarta-feira (6) suspeitos de envolvimento no ataque tiveram a prisão em flagrante convertida em provisória, pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A decisão foi anunciada na manhã desta sexta-feira (8), após audiência de custódia no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a dupla recebeu R$ 30 e R$ 50 para checar se havia blitz na Avenida Octávio Mangabeira (orla de Salvador), confirmar que o alvo do atentado estava na areia e, depois dos homicídios, dar fuga aos homens armados.

Eles foram presos em flagrantes no bairro de Valéria, um dia depois do crime. Um terceiro homem que fazia serviço de táxi na região e também participou do crime foi preso na manhã desta sexta-feira (8) e será o próximo a passar pela audiência de custódia.

Fonte: G1 Bahia.

Deixe Seu Comentário:


Entre em contato pelo Whatsapp 74 999663572
Não perca esta oportunidade! Na loja virtual Dory Modas você encontra roupas de qualidade e preço baixo. Comprando a partir de R$ 100,00 dividimos no cartão e a vista você tem 10% de desconto. Veja Mais Clicando Aqui.
Portões de Correr, Portões Basculhantes, Coberturas Metálicas e Reboques para Carro e Moto em Tapiramutá e região é com a Metal Brasil. Veja mais detalhes Aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s